Sociedade | 30-01-2013 00:11

Contas penhoradas põem em causa serviços prestados pela Junta de Vaqueiros

As contas bancárias da Junta de Freguesia de Vaqueiros, no concelho de Santarém, foram penhoradas, devido a uma dívida a uma empresa de construção, disse o presidente da autarquia. Segundo Firmino Oliveira, o apoio domiciliário e o transporte de crianças pode estar em causa na freguesia se a situação não for regularizada rapidamente. Actualmente esses serviços são garantidos "com muitas dificuldades", diz o autarca, até porque a penhora das contas impede a junta de receber a verba trimestral de seis mil euros proveniente do Orçamento de Estado através do Fundo de Fomento das Freguesias."Fui confrontado com a impossibilidade de movimentar a conta, que se encontra penhorada devido a uma dívida que se arrasta há quase quatro anos e que agora foi executada por a Câmara de Santarém não ter cumprido os prazos para o pagamento", disse Firmino Oliveira.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo