Sociedade | 01-10-2013 05:42

“Lezíria do Tejo não é Alentejo nem nunca será”

“Lezíria do Tejo não é Alentejo nem nunca será”
A Casa do Campino, em Santarém, vai albergar já este mês uma delegação da Entidade Regional de Turismo do Alentejo (ERTA) e esse é um sinal claro do propósito em promover as potencialidades e produtos da Lezíria do Tejo. O anúncio foi feito pelo presidente dessa organização, António Ceia da Silva, durante a apresentação de mais uma edição do Festival Nacional de Gastronomia, que vai decorrer na cidade ribatejana entre 25 de Outubro e 3 de Novembro e que contará com a colaboração da ERTA.Ceia da Silva desvalorizou o facto de os 11 municípios da Lezíria do Tejo terem deixado de integrar uma estrutura de promoção turística mais associada à região (como em tempos sucedeu com a Região de Turismo do Ribatejo ou com a Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, entretanto extintas e que tinham sede em Santarém), garantindo que a integração dos municípios ribatejanos no Turismo do Alentejo não vai significar menor atenção às suas especificidades.“Aqui nós somos a Entidade Regional de Turismo e a marca é Ribatejo. Isto não é Alentejo nem para nós nem para quem cá está. Vamos trabalhar essa marca”, afirmou Ceia da Silva.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo