Sociedade | 05-10-2013 00:46

Deputados do PS querem saber quantas repartições de finanças vão encerrar na região

Os deputados do Partido Socialista eleitos por Santarém querem saber quais os concelhos do distrito que irão perder repartições de finanças e quais os critérios que sustentam a escolha dos serviços a encerrar. Numa pergunta enviada ao Governo, é ainda questionado que diligências foram feitas junto dos autarcas do distrito.Os parlamentares socialistas (Idália Serrão, João Galamba e António Gameiro) recordam que “de acordo com declarações públicas do Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais e do presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, em meados de Setembro de 2013, encontra-se iminente o encerramento de um elevado número de repartições de finanças em todo o país”.A confirmar-se o encerramento, os deputados consideram que “será mais uma iniciativa do Governo dirigida contra os cidadãos, uma vez que lhes retira serviços de proximidade, à semelhança do que tem vindo a fazer em áreas como a educação, a saúde, a justiça, os correios ou as freguesias”.“Os deputados do Partido Socialista eleitos pelo distrito de Santarém consideram que o Governo não pode levar a efeito um plano de extinções de repartições e serviços distritais de finanças, escondendo-o das populações que são abrangidas pelos encerramentos, sem que tornepúblicos os critérios que suportam a decisão e sem que se promova um debate público responsável”, acrescentam.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo