Sociedade | 14-10-2013 00:10

Debate sobre problemática das línguas ameaçadas na Europa em Alcanena e Minde

Decorre entre 17 e 19 de Outubro, em Alcanena e na vila de Minde, a conferência "Endangered Languages in Europe" (ELE 2013) constituída por três actividades distintas: uma conferência internacional dedicada à reflexão sobre as línguas ameaçadas no continente europeu, uma Feira das Línguas e um Festival de Bandas de Línguas Ameaçadas. O evento é promovido pelo CIDLeS – Centro Interdisciplinar de Documentação Linguística e Social, que conta com o apoio de diversas entidades, apresentando mais de setenta comunicações por parte de investigadores oriundos de todos os continentes. O objectivo é estimular um debate interdisciplinar acerca da diversidade linguística na Europa, tendo como ponto de partida as línguas ameaçadas no velho continente, do qual a língua minderica é um exemplo em Portugal. A Conferência realiza-se no Centro de Ciência Viva do Alviela – Carsoscópio, em Alcanena, nos dias 17 e 18 de Outubro. Já a "Feira das Línguas" decorre no dia 19 de Outubro na Fábrica de Cultura, em Minde e conta, até ao momento, com a representação de onze comunidades europeias. O Festival de Bandas de Línguas Ameaçadas conta com a presença de bandas e artistas europeus que interpretam temas nas suas línguas nativas. Entre os nomes confirmados, destaque para os Toibi 4.7 (língua bávara, na Alemanha), os Enkore 1(língua basca, em Espanha), Lleuwen Steffan (língua bretã e galesa) e os Bandalheira, que cantam em minderico. Os espectáculos decorrem nas noites de 18 e 19 de Outubro na Fábrica de Cultura, em Minde. Para mais informações, os interessados devem consultar http://www.cidles.eu/events/conference-ele-2013/ ou escrever para o e-mail ele2013@cidles.eu.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo