Sociedade | 02-11-2013 00:29

Empresa penhora bens a lojistas do Vila Franca Centro por dívidas do condomínio

Uma empresa de manutenção e gestão de edifícios, com sede em Alverca, avançou com um processo de execução de dívida contra a administração do condomínio do Vila Franca Centro. A MGT - Manutenção, Gestão e Tecnologia pede em tribunal o pagamento de 26.717,72 euros de dívidas e de juros de mora. O processo deu entrada no tribunal em 21 de Maio de 2013 e a agente de execução já indicou uma série de bens para penhora, entre rendas e equipamentos, pertencentes a nove condóminos do centro comercial. O valor das penhoras ainda não perfaz o total em dívida, segundo indicou fonte ligada ao processo. A advogada da empresa, propriedade de José Araújo Simões, começou por apresentar uma injunção - documento que permite ao credor recorrer à acção judicial para reaver o dinheiro do devedor - que não foi contestada, seguindo-se a execução da dívida.A dívida é de 25.387,20 euros, a que se somam juros de mora no valor de 1.177,52 euros e taxas de justiça no valor de 153 euros. Enquanto a dívida não for integralmente liquidada os juros de mora continuam a contar.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo