Sociedade | 05-11-2013 00:02

Descontos nos passes e bilhetes dos ferroviários passam de 25 para 75 por cento

Os ferroviários não irão voltar a ter transportes gratuitos quando não estiverem de serviço mas conseguiram recuperar parte das regalias perdidas em Janeiro do ano passado. O anúncio foi feito pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário através de comunicado disponibilizado no seu site. A CP voltou a conceder de forma gratuita os passes escolares aos filhos dos trabalhadores e, a partir de Janeiro do próximo ano, vai conceder descontos de 75% nas viagens feitas por trabalhadores no activo quando não estejam de serviço e por reformados. Os familiares a seu cargo vão passar a ter descontos de 50% em todas as viagens. A nova situação não satisfaz o Sindicato. "Lembramos a administração que, as expectativas criadas da resolução do problema (...), não eram de aumentar o desconto concedido, mas a reposição do direito de gratuitidade do transporte, como forma de contrapartida do trabalho, ou como “prémio” pela dedicação ao caminho-de-ferro. Para nós, a administração não está a conceder nenhuma benesse aos trabalhadores, mas a repor uma pequena parte daquilo que foi roubado pelo governo", pode ler-se no comunicado. Em Janeiro deste ano, na sequência da aprovação do Orçamento de Estado, os ferroviários no activo quando não estão ao serviço, bem como os reformados e familiares deixaram de ter direito a viajar gratuitamente de comboio, passando a ter apenas um desconto de 25% nos bilhetes e passes.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo