Sociedade | 08-11-2013 10:51

Cemitério de Manique do Intendente assaltado pela segunda vez em três meses

O cemitério de Manique do Intendente, concelho de Azambuja, foi assaltado na madrugada de 1 de Novembro pela segunda vez no espaço de três meses. Os assaltantes voltaram a levar peças de valor das campas, como jarras, estatuetas e crucifixos em bronze e noutros materiais metálicos de valor.O primeiro assalto ocorreu em 10 de Agosto e causou milhares de euros de prejuízos, além de profunda revolta entre os familiares dos defuntos por também terem sido vandalizadas algumas campas. O cemitério de Manique fica fora da zona urbana da freguesia e em local mal iluminado. Os populares voltam a queixar-se de falta de vigilância pela GNR , que tem posto em Aveiras de Cima, a cerca de 16 quilómetros, e de facilidades na abertura do portão de cemitério, que não é trancado durante a noite.* Notícia em desenvolvimento.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo