Sociedade | 08-11-2013 00:01

Seis dezenas de cães desapareceram do canil de Fátima

Seis dezenas de cães desapareceram do canil da Associação Protectora dos Animais Abandonados de Fátima (APAAF) e andam à solta desde a noite de 5 de Novembro. A presidente da APAAF, Céu Romeiro, acusa o dono do terreno onde está o canil, na zona do Pessegueiro, de ter aberto as portas permitindo a fuga dos animais por causa de um diferendo entre este e a associação.Segundo Céu Romeiro, o domo do espaço queria que a associação comprasse o terreno onde o canil está instalado há cerca de cinco anos. Uma compra que a associação não tem condições financeiras para fazer.Céu Romeiro apresentou queixa na GNR e só teme que os animais tenham sido mortos. Metade dos cães possui chip e estão registados em nome da APAAF. Céu Romeiro está angustiada porque existem três cães já velhos, um deles está cego e todos estão habituados a comer diariamente.“Dá-me uma dor no coração só de pensar o que pode ter acontecido aos animais. Isto não se faz a ninguém muito menos a animais que não se podem defender”, critica.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo