Sociedade | 09-11-2013 00:02

Câmara do Cartaxo deve quase um milhão de euros à Rodoviária do Tejo

A Câmara Municipal do Cartaxo deve perto de um milhão de euros à Rodoviária do Tejo, empresa que garante os transportes escolares nesse concelho e cujo pagamento é da responsabilidade da autarquia.Na última reunião do executivo, o presidente do município, Pedro Magalhães Ribeiro (PS), revelou que tem passado as duas últimas semanas em reuniões com credores e destacou a dívida à transportadora."Em termos absolutos somos a câmara do país que mais deve à Rodoviária do Tejo", afirmou o autarca com base nos dados que lhe foram disponibilizados pela empresa. Em cima da mesa foi colocada a hipótese do cancelamento dos transportes escolares, mas para Pedro Ribeiro a situação está completamente fora de hipótese, mencionando que "houve da parte da Rodoviária do Tejo a compreensão por aquilo que neste momento está a ser vivido". Recorde-se que a Câmara do Cartaxo tem uma avultada dívida a fornecedores e ainda não obteve luz verde do Tribunal de Contas para aceder aos empréstimos do PAEL (Plano de Apoio à Economia Local) e do Plano de Saneamento Financeiro para liquidar a dívida de curto prazo.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo