Sociedade | 14-11-2013 00:06

Vergonha no distrital de infantis de futebol

O jogo do Campeonato Distrital de Infantis que opunha o CADE - Clube Amador de Desportos do Entroncamento ao Núcleo Sportinguista de Rio Maior, realizado no dia 2 de Novembro, não chegou ao fim. O árbitro deu o jogo por terminado ainda antes do intervalo, porque os pais das crianças que se defrontavam em campo, partiram para confrontos físicos. "Foi uma autêntica batalha campal", afirma quem assistiu ao episódio.Segundo uma testemunha o problema foi espoletado pelo pai de um jogador riomaiorense. "O jogo estava a decorrer sem problemas. Um choque entre dois jogadores, em que o jovem de Rio Maior, mais fraco fisicamente ficou no chão. Levou a que o seu pai corresse para a vedação e invectivasse a criança com nomes obscenos. O avô da criança do CADE, que estava ali perto, pediu ao indivíduo para moderar a linguagem porque estava a falar para uma criança de que não conhecia os pais", disse.No entanto, o homem não se acalmou e tornou-se ainda mais agressivo. * Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo