Sociedade | 15-11-2013 00:05

Sócios do IAC não aceitam pagar juros pelo empréstimo feito pela esposa do ex-presidente

Os sócios do Instituto de Apoio à Criança do Forte da Casa (IAC), Vila Franca de Xira, votaram contra o pagamento de juros de um empréstimo feito à instituição pela esposa do ex-presidente, António Inácio. Na última assembleia-geral da instituição, 76 associados recusaram o pedido que apenas obteve quatro votos a favor, além de dois em branco e dois nulos. Antes da votação, a actual direcção do IAC explicou que em 2012, altura em que os actuais directores faziam parte da comissão administrativa que estava a gerir a instituição, Ilda Inácio veio pedir o pagamento dos juros e dos encargos bancários por um empréstimo concedido à associação no valor de 34.500 euros. A direcção foi verificar a situação e concluiu que o empréstimo foi contraído em Novembro de 2008 para solucionar questões de pagamentos de subsídios e problemas de tesouraria. Mas a situação não está escrita em nenhuma acta de assembleia geral, a quem cabe aprovar ou ter conhecimento dos empréstimos contraídos.O tesoureiro do instituto, Manuel Martins, afirmou que o valor em dívida vai ser pago no fim deste mês e que por falta de informação bancária não é possível saber o valor dos juros.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo