Sociedade | 16-11-2013 00:05

PSP recupera máquina fotográfica roubada da Viver Santarém e já tem um suspeito

A polícia já conseguiu recuperar uma máquina fotográfica roubada da sede da empresa municipal Viver Santarém no antigo presídio militar de Santarém. No assalto que ocorreu no fim-de-semana de 21 e 22 de Setembro foram também levados computadores da empresa e do Centro de Investigação Veríssimo Serrão instalado no mesmo edifício, agora denominado Casa de Portugal e Camões, propriedade da câmara municipal.Do centro foi levado também um disco rígido com informação histórica e de investigação importante e da qual não há cópia. Este equipamento e os computadores ainda não foram encontrados mas a PSP de Santarém continua a tentar detectá-los. Na investigação a polícia já identificou o receptador da câmara fotográfica. Trata-se de um residente na cidade e que já tem antecedentes criminais. Um suspeito do assalto que conseguiu entrar pela porta principal do edifício e beneficiou do facto de este não ter alarme também está identificado. Mas os agentes policiais ainda não conseguiram deitar-lhe a mão porque entretanto terá desaparecido da zona. O assalto ocorreu numa altura em que já tinha sido decidida a adjudicação a uma empresa para a instalação de um sistema de alarme no edifício.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo