Sociedade | 23-11-2013 11:12

Almeirim mantém impostos municipais para evitar mais quebras de receitas

O município de Almeirim vai aplicar em 2014 os mesmos valores de taxas que cobrava este ano e que foram aprovados na assembleia municipal desta sexta-feira à noite. Em 2014 a câmara vai cobrar 0,4% de Imposto Municipal de Imóveis (IMI), 5% da participação variável do IRS e 1,5% de derrama, imposto aplicável sobre o lucro tributável das empresas. As firmas com facturação até 150 mil euros só pagam 1%. Apesar de a oposição ter criticado que a autarquia não baixe as taxas numa altura de crise, ajudando assim as famílias e a economia. Mas o presidente da câmara, Pedro Ribeiro, salientou que nesta altura, com cortes do Governo nas transferências para as autarquias, não é possível baixar os impostos municipais. Salientou que só numas contas por alto se a câmara não cobrar derrama e colocar os impostos nos valores mínimos fica com uma quebra de receitas de 1,6 milhões de euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Médio Tejo