Sociedade | 26-11-2013 20:09

Jogadores do Fátima com salários em atraso

O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) revelou esta terça-feira, 26 de Novembro, que os atletas do Centro Desportivo de Fátima estão a ser ajudados pelo Fundo de Garantia Salarial (FGS) ou por meios do sindicato.No final de uma reunião com o plantel da equipa - quarta classificada da série F do Campeonato Nacional de Seniores -, Joaquim Evangelista especificou que há 15 jogadores que ou não receberam qualquer verba esta época ou receberam apenas um mês. Noutros casos, já aconteceu rescisão de contrato e a respectiva saída do clube.Hoje, ficou decidido que os jogadores cujo contrato estava registado na Federação Portuguesa de Futebol (FPF) accionem o Fundo de Garantia Salarial, enquanto, aos restantes, o SJPF "disponibilizou meios próprios e uma verba para as situações mais dramáticas"."A situação arrasta-se há algum tempo e o que está na base dos problemas é a constituição da SAD do Fátima", sublinhou Joaquim Evangelista à Lusa, acrescentando que "o presidente acreditou num investidor brasileiro que surgiu", cedeu os direitos da sociedade, mas "a transferência do dinheiro não se realizou e isso não permitiu o pagamento de salários".* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo