Sociedade | 29-11-2013 00:27

Voto de pesar pela morte de Alcino Soutinho que projectou Museu do Neo-Realismo

Voto de pesar pela morte de Alcino Soutinho que projectou Museu do Neo-Realismo
O arquitecto que assinou o projecto do museu do Neo-Realismo em Vila Franca de Xira, Alcino Soutinho, morreu esta semana aos 83 anos, vítima de cancro. A Câmara de Vila Franca aprovou na quarta-feira, 27 de Novembro, um voto de pesar pela morte daquele que foi considerado um dos nomes maiores da arquitectura nacional e que foi o autor do projecto do museu vilafranquense.“Marcou de forma indelével a arquitectura portuguesa e o seu nome fica para sempre ligado à história de Vila Franca de Xira”, disse o presidente do município, Alberto Mesquita, na última reunião de câmara.O museu foi um trabalho “de grande impacto visual” que conseguiu “unir a população” em torno do neo-realismo, corrente artística do qual o próprio Alcino Soutinho se considerava herdeiro. Nascido em Vila Nova de Gaia, Soutinho ficou também ligado a projectos como o novo edifício da Câmara de Matosinhos e o restauro e ampliação da casa-museu Guerra Junqueiro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo