Sociedade | 01-12-2013

Incêndio destrói antigo hospital da Flamenga em Vialonga

O antigo Hospital da Flamenga em Vialonga ardeu na noite deste sábado, 30 de Novembro. A zona interior do edifício ficou destruída com a derrocada do telhado e das placas do primeiro e segundos andares. No combate às chamas houve um bombeiro que ficou ferido após a queda de uma das placas dos pisos. Foi imediatamente levado para o Hospital de Vila Franca de Xira com ferimentos num braço.O incêndio começou por volta das 20h30 e prolongou-se até as 23h30. No combate às chamas estiveram 39 bombeiros das corporações de Vialonga, Alverca, Póvoa de Santa Iria, Alhandra e Sacavém. Foram mobilizados 12 veículos. O comandante dos bombeiros de Vialonga, Luís Rodrigues, diz que foi difícil conter as chamas devido ao material inflamável dentro da estrutura. "Quando recebemos o alerta o fogo já tinha tomado a cobertura e não nos foi possível evitar as derrocadas". O comandante afirma que "não é a primeira vez que isto acontece mas nunca com esta gravidade" A origem do incêndio ainda é desconhecida mas tudo aponta para que tenha sido fogo posto. O presidente da Junta de Freguesia de Vialonga, José António Gomes, afirmou que teve conhecimento que algumas pessoas frequentavam o espaço. A estrutura estava aberta e abandonada desde 1998. Presente no local também esteve o presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita. Segundo o comandante, a fachada não corre perigo de derrocada. Ao longo dos anos, o hospital já teve inúmeros casos de vandalismo O conjunto arquitectónico era composto por um edifício residencial seiscentista e por uma capela da mesma época. No tempo da ditadura militar serviu de sanatório para doentes pulmonares. Tem havido várias acções populares e moções da assembleia de freguesia na defesa do hospital com unidade de saúde continuados, sem sucesso.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo