Sociedade | 09-12-2013 13:46

Vila Franca continua a arder com os custos dos acessos ao novo hospital

Os acessos ao novo hospital de Vila Franca de Xira foram pagos pela câmara local para que a construção ficasse pronta a tempo mas dos municípios abrangidos pela unidade de saúde apenas Benavente e Azambuja estão a ressarcir o município de Vila Franca. Oito meses depois da abertura do equipamento, Alenquer e Arruda dos Vinhos ainda não transferiam um cêntimo sequer dos valores que acordaram pagar. Os novos autarcas destes dois municípios prometem honrar os compromissos, não se sabe é quando. A Câmara de Vila Franca de Xira pagou os mais de três milhões de euros que custou a empreitada. Alenquer ficou de entrar com 660 mil euros e Arruda dos Vinhos com 200 mil euros. Benavente comprometeu-se a pagar 450 mil euros e já liquidou cerca de 300 mil euros. Azambuja, que vive com uma situação financeira difícil, já liquidou 85 mil euros dos 344 mil euros que lhes cabe de comparticipação. O presidente do município de Azambuja esclarece que até Maio pagaram-se 22 mil euros e que a partir dessa data foi feito um acordo de pagamento em prestações de nove mil euros mensais, que tem estado a ser cumprido. Os presidentes de Alenquer e Arruda dos Vinhos, respectivamente Pedro Folgado e André Rijo, confirmam as dívidas mas não se comprometem com uma data para as liquidarem, dizendo que estão a analisar os dossiês.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo