Sociedade | 11-12-2013 00:01

Mário Coelho exige mais 4200 euros da câmara para manter o seu museu aberto

Mário Coelho exige mais 4200 euros da câmara para manter o seu museu aberto
O matador de toiros Mário Coelho exige que a Câmara de Vila Franca de Xira lhe pague 4200 euros anuais mais as despesas de electricidade, luz e limpeza para manter o seu museu de tauromaquia aberto na cidade. A situação não caiu bem na oposição que está em maioria na câmara. O presidente do município, Alberto Mesquita (PS) viu-se obrigado a retirar o assunto da ordem de trabalhos da última reunião do executivo para que esta não fosse de imediato chumbada. Mesquita vai ter agora que reformular a proposta e tentar negociar com os vereadores.Até agora o município tem pago 2200 euros anuais para despesas de luz, água e limpeza. Com a nova passaria a pagar 6400 euros. A proposta do toureiro, feita duas semanas antes das eleições, prevê que este arrende as instalações à autarquia por 350 euros mensais. A então presidente, Maria da Luz Rosinha (PS), chegou a emitir um despacho a mandar fazer uma minuta do contrato que não ficou concluído a tempo das eleições. E o seu sucessor decidiu levar agora o assunto à reunião do executivo.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo