Sociedade | 16-12-2013 07:47

Pedro Ribeiro não espera por aprovação da câmara para avançar com projecto das escolas velhas de Almeirim

O projecto para a recuperação da antiga igreja do divino espírito santo em Almeirim foi adjudicado de urgência por ajuste directo numa tentativa de a câmara ainda conseguir obter financiamento comunitário, no âmbito do actual QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional. A ideia é transformar o edifício num centro de interpretação histórica do concelho que não seja um simples museu mas um espaço de promoção de Almeirim. Com divulgação dos produtos locais e sobretudo venda de artigos de marketing e promocionais (merchandising). Para avançar rapidamente o presidente do município não esperou pela reunião de câmara e despachou todos os procedimentos administrativos, como a cabimentação de uma verba até 26.700 euros no orçamento e o ajuste directo, contrato sem concurso público. Pedro Ribeiro levou depois o processo à última reunião do executivo que ratificou as decisões. O projecto deve custar entre 15 a 20 mil euros e vai ser executado pela empresa Estoril Monte. O edifício, conhecido por “escolas velhas”, está a degradar-se e tem servido de sede à Associação 20 Kms de Almeirim, que a concretizarem-se as obras terá de sair do espaço.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo