Sociedade | 19-12-2013 02:03

Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo aprova orçamento de três milhões de euros

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) aprovou um orçamento de três milhões de euros para 2014, que, segundo a sua presidente, vão permitir consolidar projectos intermunicipais que se encontram em execução no âmbito do QREN. Maria do Céu Albuquerque (PS), também presidente da Câmara de Abrantes, disse que, além dos projectos incluídos no Quadro de Referência Estratégico Nacional, vão ser abrangidos projetos aprovados em outros programas operacionais."Será também o início pleno de projectos ligados à modernização administrativa da CIMT e dos seus municípios", notou Céu Albuquerque, destacando o projeto Médio Tejo Online. Perante a estratégia futura do Médio Tejo 2014-2020, os objectivos de médio prazo da CIMT vão assentar em orientações estratégicas, que passam pela valorização dos recursos endógenos e do potencial turístico e por incorporar o valor na actividade empresarial, através da continuidade de ações de promoção do empreendedorismo na região.Por outro lado, a CIMT vai apostar na regeneração urbana nos centros históricos e nos centros urbanos, continuando a ser uma prioridade a mobilidade e a implementação de planos de acessibilidade.A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo é composta pelos municípios de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas, Vila Nova da Barquinha, Vila de Rei e Sertã e abrange um território com cerca de 250 mil habitantes e mais de 3.000 quilómetros quadrados.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo