Sociedade | 23-12-2013 20:48

Duas famílias intoxicadas devido a braseiras em Vila Chã de Ourique

Os Bombeiros Municipais do Cartaxo tiveram que socorrer esta segunda-feira de madrugada duas famílias intoxicadas por monóxido de carbono. Ambas as situações ocorreram devido a braseiras e na mesma localidade, em Vila Chã de Ourique, com pouco tempo de diferença. O comandante da corporação, David Lobato, salienta o facto de o caso não ter sido mais grave porque houve alguém que “teve ainda capacidade para perceber que alguma coisa não estava bem e pediu ajuda”. No primeiro caso tratava-se de um casal e dois filhos e na segunda sete adultos. Os bombeiros quando chegaram aos locais depararam-se com as braseiras e identificaram de imediato o problema. As pessoas que estavam quase a entrar em estado de inconsciência foram transportadas ao Hospital de Santarém, de onde tiveram alta poucas horas depois. O comandante dos Municipais do Cartaxo alerta para o perigo das braseiras em locais não arejados e recorda que há situações que podem ter desfechos trágicos. Este ano esta é a quarta vez que a corporação tem de assistir pessoas intoxicadas por monóxido de carbono libertado de braseiras. Segundo David Lobato no ano passado os bombeiros também tiveram vários casos nalguns deles com as pessoas já desmaiadas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo