Sociedade | 27-12-2013 14:37

Município acciona garantia bancária para corrigir anomalias na construção da esquadra da PSP do Cartaxo

O executivo da Câmara do Cartaxo deliberou por unanimidade accionar a garantia bancária no valor de 64.348,35 euros referente a cinco por cento do valor da empreitada de construção da nova esquadra da PSP local, sediada no campo da feira. A situação deve-se ao facto de ter sido detectado que os trabalhos executados pelo anterior empreiteiro, que entrou em insolvência, não se encontravam de acordo com o estabelecido no caderno de encargos. Situação que obrigou a autarquia a responsabilizar-se pelos custos de correcção das lacunas existentes na empreitada.A votação deste ponto foi pacifica junto da oposição, mas o vereador do PSD, Vasco Cunha, não escondeu o seu espanto ao deparar-se com alguns dos valores apresentados, nomeadamente com a montagem de uma torneira ter um custo de 279 euros. “Só espero que a torneira deite mesmo água”, afirmou com ironia.NOTÍCIA DESENVOLVIDA NA EDIÇÃO SEMANAL EM PAPEL

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo