Sociedade | 30-07-2015 00:05

Irmãos condenados por agredir vizinha com quem têm conflito

Teresa Longo
O proprietário da Quinta da Mata-o-Demo e o irmão, ambos agricultores, foram condenados por agressões a uma vizinha com quem têm um conflito há anos por causa de um caminho público de acesso à casa desta. Os dois homens apanharam, cada um, uma multa de 130 dias à taxa diária de oito euros, o que perfaz 1040 euros. A instância local do Tribunal da Comarca de Santarém condenou ainda os arguidos, que já tinham sido notícia por terem colocado um pivô a regar a casa de Teresa Longo, a pagarem uma indemnização de 1200 euros à ofendida, que pedia no processo 4500 euros. A situação remonta a 4 de Janeiro de 2014, por volta das 00h30, tendo o juiz dado como provado que os arguidos desferiram murros e pontapés na vítima, que viu o acesso à sua casa bloqueado por um portão colocado num caminho público. Teresa Longo, professora, teve de ser assistida no hospital e ficou sete dias em convalescença devido às lesões que sofreu.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo