Sociedade | 02-08-2015 01:11

Lenços com histórias em exposição em Alcanena

Lenços com histórias em exposição em Alcanena

Mostra organizada pelo Rancho Folclórico da Gouxaria está na Biblioteca Municipal até 31 de Agosto.

Estórias e vivências populares das mulheres da zona de Alcanena estão simbolicamente retratadas na exposição "Cem lenços com cem anos num concelho centenário", inaugurada no sábado, 18 de Julho, na Biblioteca Municipal Doutor Carlos Nunes Ferreira em Alcanena e que pode ser vista até 31 de Agosto.Trata-se de uma mostra inédita de 140 lenços de cabeça, muitos deles com mais de cem anos, que integram o espólio de cerca de cinco centenas de exemplares do Rancho Folclórico da Gouxaria. Dos lenços de retrós, aos de ruas, de tapete, luto e seda, passando pelo pano, cachené e armur são variados os lenços doados por alcanenenses ou adquiridos pelo próprio rancho às pessoas da terra, sobretudo na zona sul do concelho, ao longo dos 30 anos de existência do grupo etnográfico.A falecida pintora Maria Lucília Moita, natural de Alcanena, foi uma das pessoas que muito contribuiu para o enriquecimento do espólio do grupo. Na Gouxaria, os mais velhos têm ainda na memória a imagem da jovem bem posta e altiva passeando a cavalo pelas ruas da aldeia sempre com vistosos e elegantes lenços. A maior parte dos lenços da "menina Bedi", como todos lhe chamavam carinhosamente até ao fim dos seus dias, foram também doados ao Rancho Folclórico da Gouxaria.Figuras emblemáticas da terra, como a Maria "Repolho" - que cedeu também ao grupo muitos utensílios de trabalho e peças de vestuário e ensinou-lhes dezenas de cantigas e danças populares -, a tia Umbelina Calado, a Maria da Maternidade (que teve nove filhos) e a tia Lucília Gomes estão na lista das muitas pessoas que contribuíram para o trabalho de recolha e conservação do acervo efectuado pelo grupo.* Reportagem completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo