Sociedade | 07-08-2015

Obras na Praia Fluvial dos Olhos de Água no pico do Verão causam indignação

A Praia Fluvial dos Olhos de Água, no concelho de Alcanena, vai estar em obras durante todo o Verão para a realização de uma intervenção de controlo da erosão das margens do rio Alviela. O aparato de vedações, máquinas e montes de areia está a deixar indignados muitos banhistas, que se queixam de ter apenas a parte com água mais conspurcada disponível para tomar banho. A Câmara de Alcanena esclarece que esta é a altura do ano mais apropriada para a realização destas intervenções dado que se verifica um menor caudal do rio. Uma explicação que não convence os utilizadores.Carlos Monteiro decidiu passar o dia de sábado, 1 de Agosto, na Praia Fluvial dos Olhos de Água mas deparou-se com um cenário bem diferente do que imaginava. "Quando cheguei vi um monte de pedras, máquinas, bocados de betão. As crianças andam no meio dos mosquitos e a água está toda porca. O que eu tinha prometido aos meus filhos era uma água límpida com peixes ao lado deles a nadar", lamenta o banhista de 50 anos.Fátima Silva foi desafiada por Carlos Monteiro a visitar a praia fluvial mas sentiu-se desiludida. As imagens que tinha visto da zona balnear eram afinal bem mais aliciantes do que a realidade. "As minhas expectativas eram elevadas e eu chego aqui e vejo um caudal pouco límpido, poucos acessos ao Ciência Viva e à esplanada e uma água cheia de mosquitos que não deixa aos miúdos à vontade para mergulhar", comenta indignada a banhista de 47 anos, residente em Lisboa.* Reportagem completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo