Sociedade | 11-08-2015 16:50

Padre de Samora Correia já não nega baptismos

Depois da polémica em torno da recusa do padre de Samora Correia, de baptizar crianças filhas de pais solteiros, divorciados, separados ou casados só pelo civil, a diocese de Évora, a que pertence a paróquia de Samora, mudou de ideias e o pároco até já baptizou filhos de pais solteiros. A única exigência, que faz parte do direito canónico, é que os padrinhos sejam católicos com o crisma feito. A alternativa é um baptismo sem padrinhos.A mudança ocorreu recentemente, em face das muitas queixas que surgiram por parte de habitantes locais, que se viram confrontados com a recusa do padre Heliodoro Nuno em baptizar os filhos. Uma dessas queixosas é Tânia Coelho. "Vou ter de baptizar a minha filha no Carregado, porque o senhor Padre recusou fazer o baptismo. Eu e o pai da menina não somos casados pela Igreja. Sou natural de Samora e adorava fazer o baptismo da minha filha nesta igreja", afirma. Tânia vai agora baptizar a filha Matilde, na Igreja do Carregado, a 16 de Agosto.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo