Sociedade | 01-11-2015 01:09

Reaberto caso do homicídio de empresário frente ao Hospital de Santarém

Juízes com dúvidas absolveram suspeito mas Tribunal da Relação manda fazer novo julgamento.

O caso do empresário de Santarém, Joaquim Manuel dos Reis, abatido a tiro em 2012 no parque de estacionamento frente ao hospital da cidade, foi reaberto por decisão do Tribunal da Relação de Évora. O suspeito da autoria do disparo, um vendedor ambulante, tinha sido absolvido pelo colectivo de juízes que julgou o caso no Tribunal de Santarém que ficou com dúvidas sobre quem tinha sido o autor do disparo. O Ministério Público resolveu recorrer da decisão e agora vão ser feitas novas audiências de julgamento para ouvir testemunhas.A decisão da primeira instância, revogada pela Relação, justificou a absolvição do arguido, actualmente com 41 anos, que esteve em prisão preventiva, com inverosimilhanças e contradições das declarações deste e de testemunhas. Para os juízes não foi possível apurar, com suficiente segurança, nem o real motivo do encontro do suspeito com o empresário, nem que o arguido tenha participado no homicídio. O tribunal não apurou se os dois se encontraram devido a uma avaria no veículo adquirido à vítima ou por divergências relacionadas com transacção de droga. "Subsistiu no espírito do tribunal uma dúvida séria, objectiva, razoável e insanável", que resultou na falta de prova "suficientemente segura" da prática do crime, justificam os juízes. Com a absolvição caiu também o pedido de indemnização de 279 mil euros por parte da família do empresário, na altura com 54 anos, sócio-gerente da JM Reis, que se dedicava à recuperação de créditos, comércio de produtos naturais, e compra e venda de veículos. O caso remonta à noite de terça-feira, 29 de Maio de 2012, por volta das 21h30, quando a vítima, acompanhada de um amigo, se encontrou com o suspeito. Gerou-se uma discussão e apareceram outros indivíduos que alegadamente acompanhavam o suspeito. O que se sabe com certeza é que Joaquim Reis foi atingido com um tiro quando este estava sentado no lugar do pendura, dentro do carro. O condutor que acompanhava o empresário arrancou a fundo, atropelando o suspeito, dirigindo-se de imediato até à esquadra da PSP para pedir socorro. Joaquim Manuel dos Reis, natural de Pernes, Santarém, e que residia no Cartaxo, chegou a ser assistido mas não resistiu aos ferimentos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo