Sociedade | 10-11-2015 11:15

Câmara de Almeirim envolvida de novo em excursões ilegais

O presidente da Câmara de Almeirim proibiu o estacionamento do autocarro do Rancho de Benfica do Ribatejo nos estaleiros da autarquia, por suspeitas de utilização indevida da viatura em nome da autarquia e com combustível pago pelo município. Pedro Ribeiro diz que lhe foi garantido que não foi consumido gasóleo das bombas da autarquia mas mesmo assim tomou a medida. Pedro Ribeiro tomou a decisão depois de questionado por O MIRANTE sobre a utilização do autocarro da colectividade para excursões particulares, organizadas por uma munícipe.O autarca garante também que a partir de agora todos os pedidos de cedência de autocarros à autarquia passam a ser tratados pelo seu gabinete. O MIRANTE tinha denunciado, em Maio, a utilização do autocarro da Câmara de Almeirim em excursões particulares e na altura o autarca proibiu esta prática, que é ilegal porque os meios públicos não podem ser usados para fins particulares. A funcionária do município que trata das cedências dos autocarros municipais, Cândida Lopes, é presidente da Junta do Benfica do Ribatejo. A presidente do rancho, Belmira Vieira, confirmou a O MIRANTE que a funcionária e autarca lhe perguntou recentemente se o autocarro estava disponível para ser usado. Cândida Lopes, questionada por O MIRANTE, diz não se lembrar. Já foram feitas pelo menos duas viagens a Fátima e a viatura da colectividade, que não tem alvará para fazer excursões, foi conduzida pelo mesmo motorista do município que fazia as excursões com o autocarro municipal, Moisés Rego. * MAIS PORMENORES NA EDIÇÃO SEMANAL EM PAPEL DE QUINTA-FEIRA

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Médio Tejo