Sociedade | 21-11-2015 00:48

Câmara de Torres Novas vai recuperar moinho da Pena

A Câmara de Torres Novas vai remodelar o moinho de que é proprietária no conjunto de moinhos da Pena de forma a dinamizar esse equipamento e potenciá-lo em termos pedagógicos e turísticos. As obras estão orçamentadas em 9700 euros, revelou o presidente do município, Pedro Ferreira (PS), durante a última reunião do executivo, que decorreu em Chancelaria.O presidente da Junta de Freguesia de Chancelaria, Alfredo Antunes, fez também referência aos moinhos da Pena que estão a ser bastante procurados por turistas, "permitindo que o passado perdure". A vereadora Elvira Sequeira (PS) demonstrou igualmente agrado, após uma visita aos moinhos, salientando que "nesta freguesia existe vontade que as coisas sejam melhores no futuro". Helena Pinto, do BE, referiu que os moinhos da Pena precisam de um projecto integrado, para melhorar o efeito visual em termos paisagísticos. Henrique Reis, do PSD, rematou que os moinhos da Pena são realmente "um ponto de referência da zona". Recorde-se que, em Dezembro de 2014, a Câmara Municipal de Torres Novas adquiriu por 22 mil euros um dos doze moinhos da Pena, situados no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros e que se repartem pelas freguesias de Assentis e Chancelaria. A intenção manifestada pelo município era a de reabilitar e valorizar o moinho, fomentando depois visitas turísticas e culturais, com especial atenção para os alunos do concelho.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo