Sociedade | 27-11-2015 13:15

Câmara do Cartaxo paga desmontagem de estaleiro de empresa falida

A Câmara do Cartaxo vai ter que remover, a expensas próprias, o estaleiro de obras que se encontra no centro de Vila Chã de Ourique, esperando ser depois ressarcida desses custos. A empresa proprietária do espaço, Quatro Âncoras, que entrou em insolvência depois de ter passado por um Processo Especial de Revitalização e abandonou a obra. "Vamos tentar ser ressarcidos pela massa insolvente, o que já sabemos que é muito complicado", diz a vereadora Sónia Serra (PS). O relatório da vistoria realizada este ano refere que a vedação do estaleiro é constituída por prumos e painéis metálicos que apresentam deformações acentuadas, que impossibilitam a junção entre os seus elementos. Junções que foram pontualmente reforçadas com materiais inadequados; a sinalização está degradada e é insuficiente. Além disso, a vedação encontra-se em situação similar à vistoria efectuada em Maio de 2014. A conclusão da vistoria refere que "não foi implementada qualquer medida preconizada pela administração da insolvência e não foi dado cumprimento às medidas propostas no auto de vistoria de Maio de 2014", pode ler-se. A vereadora Sónia Serra (PS) esclareceu que em Dezembro de 2014 receberam o relatório da massa insolvente da empresa que concluiu "não ser necessária" mais nenhuma ancoragem no local porque a curto/médio prazo está garantida a segurança da sustentação daquele estaleiro", explicou.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo