Sociedade | 28-11-2015 14:35

Câmara de Azambuja limpa esteiro a pensar no turismo

A Câmara de Azambuja investiu cerca de cinco mil euros para limpar o esteiro que vai da vila até ao cais e ponte sobre a Vala Real. A medida estava numa das sugestões apresentadas pela CDU para o orçamento de 2016, mas a maioria socialista antecipou-se, disponibilizou a verba e avançou com meios próprios.A intervenção foi considerada urgente pela autarquia que resolveu pedir uma autorização especial à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que acabou por dar luz verde à acção que de outra forma estaria vedada ao município, já que o esteiro é da responsabilidade da Administração da Região Hidrográfica Tejo (ARH). A urgência na medida prende-se com o facto de o troço da Valar Real estar extremamente poluído dada a falta de limpeza que se registava há bastante tempo.A autarquia pode agora dar andamento a um projecto que existe há anos, quando o então presidente da câmara, Joaquim Ramos (PS), manifestou a intenção de, no troço do esteiro de Azambuja até ao cais e ponte sobre a Vala Real, construir um espelho de água e recuperar as margens para a prática de desportos náuticos, uma pista de ciclismo, circuitos pedonais e construção de uma pequena marina junto ao cais. Este projecto deverá contar com o apoio de fundos comunitários.No entanto, para tal ser possível, o local vai anda ter de sofrer nova intervenção, mais profunda, quando o orçamento do próximo ano estiver em vigor. Ainda assim, no local é já possível ver algumas máquinas em manobras e trabalhos de limpeza em andamento. Nesta primeira fase, a menos dispendiosa, tratou-se simplesmente de limpar a superfície do esteiro, retirando lixos e excesso de plantas que impediam a circulação de água, bem como a eficaz drenagem para o local.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo