Sociedade | 25-02-2016 14:21

Taxista diz que está a ser confundido com um sósia burlão

Taxista diz que está a ser confundido com um sósia burlão
CONFUSÃO

Ângelo Filipe apresentou queixa nas autoridades quando começou a ser olhado com desconfiança por algumas pessoas.

Um militar da GNR aposentado que agora é taxista em Fungalvaz, concelho de Torres Novas, queixa-se de ser confundido com um sósia que alegadamente anda a burlar pessoas na zona. Ângelo Filipe já apresentou queixa às autoridades após ter-se apercebido de olhares desconfiados de algumas pessoas quando está a exercer as suas funções. A situação, segundo o taxista, tem vindo a agravar-se de há dois meses a esta parte e Ângelo teme ser alvo de represálias de algum lesado que o confunda com o alegado burlão.

Ângelo Filipe, 55 anos, residente na Chamusca, diz que já foi olhado de lado em serviço nas zonas de Torres Novas, Tomar e até em Fátima. "Não são simples olhares. As pessoas olham-me com algum ar de intimidação", refere o taxista. Diz que quando começou a trabalhar na aldeia tentou sempre estabelecer uma relação com as pessoas de forma a poderem ter confiança em si: "As pessoas fazem questão de ser meus amigos, clientes e receberam-me de braços abertos". Por isso o taxista começou a ficar bastante preocupado com a situação.

Há cerca de 15 dias foi levar um cliente ao médico. Foi nessa altura que o cliente lhe contou a história de um idoso residente em Fungalvaz que foi abordado em casa por um individuo com um carro muito parecido com o do taxista.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo