Sociedade | 03-03-2016 00:02

Processo disciplinar a bombeiro de Abrantes que entrou na camarata feminina

Os Bombeiros de Abrantes avançaram com um processo disciplinar a um elemento da corporação, na sequência de um inquérito interno que apurou que o bombeiro entrou na camarata feminina e proferiu palavras "impróprias" a uma bombeira. A situação é confirmada pelo comandante da corporação, António Manuel Jesus, que esclarece não ter sido detectada durante o inquérito a tentativa de violação de que se tem falado na cidade. O bombeiro em causa, que é responsável pela escolinha de bombeiros, para crianças a partir dos cinco anos, incorre em penas que podem ir da admoestação até à expulsão da corporação, passando pela suspensão temporária de funções. Para já tanto o acusado como a vítima estão dispensados das escalas de serviço, enquanto decorrer o processo, podendo no entanto participar nas formações/instruções, refere o comandante em declarações a O MIRANTE.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo