Sociedade | 05-03-2016 14:31

Autarcas visitam local onde ia ser construído hotel em Vila Chã de Ourique

Está agendada para 8 de Março (terça-feira) uma visita do executivo da Assembleia de Freguesia de Vila Chã de Ourique e do executivo da Câmara do Cartaxo ao local onde esteve prevista a construção de um hotel no centro de Vila Chã de Ourique, onde se encontra uma enorme cratera porque a empreitada ficou-se pelos alicerces. A informação foi dada pela vereadora Sónia Serra (PS) em reunião de câmara. O abandono da obra deveu-se às dificuldades financeiras da empresa Quatro Âncoras, promotora do investimento.Esta é uma situação que já se arrasta desde 2013, altura em que a empresa abriu insolvência, depois de ter passado por um Processo Especial de Revitalização, e abandonou a obra. Os vereadores do PSD, Vasco Cunha e Paulo Neves, sempre mostraram preocupação com a segurança no local. “Tenho quase a certeza que todos os prazos para a sustentação daquele escoramento já estão ultrapassados. Deve-se fazer uma vistoria àquela infra-estrutura e ver as condições em que se encontra aquele escoramento. Toda aquela estrutura tem que ser supervisionada”, alertava Vasco Cunha o ano passado.Em 2011, a empresa de investimentos imobiliários, turísticos e agrícolas entregou um processo de licenciamento na Câmara do Cartaxo. O projecto de arquitectura foi aprovado em 2012. Entretanto começaram as escavações no local mas a Quatro Âncoras nunca apresentou os projectos de especialidade. O que levou o município a aprovar a caducidade do projecto de arquitectura, por já se terem esgotado os prazos legais. A Divisão de Urbanismo do município notificou a empresa para exercer o seu direito de audiência prévia em Agosto de 2013 mas não recebeu resposta. Dois meses depois foi requerida a insolvência no Tribunal do Cartaxo. Entre os credores estão bancos, Finanças, Segurança Social, uma empresa de engenharia e consultoria, entre outras.Entretanto, a Câmara do Cartaxo teve que remover, a expensas próprias, a grua que se encontrava há cerca de dois anos no centro de Vila Chã de Ourique, esperando agora ser ressarcida. A vereadora Sónia Serra (PS) explicou em sessão camarária, em Outubro do ano passado, que não conseguiram entrar em contacto com o proprietário da grua e que após a realização de uma vistoria ao estaleiro da obra decidiram avançar com a retirada da grua.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo