Sociedade | 07-03-2016 14:05

Estrada da Ribeira em Espite em mau estado após obras de requalificação

Estrada da Ribeira em Espite em mau estado após obras de requalificação
A Câmara de Ourém aprovou o lançamento do concurso público para avançar com a segunda fase da obra na Estrada da Ribeira, que liga as localidades de Espite a Matas. A primeira fase da obra foi concluída mas as fortes chuvadas do mês de Fevereiro destruíram parte da intervenção, o que faz com a estrada se encontre encerrada ao trânsito.Esta situação, que já se verifica há algumas semanas, levou os vereadores da Coligação Ourém Sempre (PSD/CDS) a recomendarem, na reunião camarária privada de 19 de Fevereiro, "com a máxima urgência", a abertura de um concurso público para terminar aquelas obras. "De acordo com o anúncio afixado na obra podemos verificar que a referida empreitada foi adjudicada por 135.097,13 euros + IVA e com um prazo de execução de 90 dias. O contrato de ajuste directo foi assinado a 10 de Julho de 2015, pelo que a obra está concluída", referem.Luís Albuquerque, Isabel Costa e José Poças das Neves visitaram o local e verificaram que a obra se encontra num estado "deplorável", com troços asfaltados mas sem valetas e bermas executadas. Umas zonas estão intransitáveis e noutros locais não existiu qualquer intervenção, consideram. Na reunião pública, realizada a 4 de Março, Paulo Fonseca explicou que após o concurso público que será lançado a obra será terminada e reabilitadas as zonas que ficaram destruídas pelo mau tempo.Os vereadores da Coligação Ourém Sempre votaram contra esta proposta para lançamento do concurso público uma vez que, "à semelhança do que aconteceu anteriormente", não têm conhecimento do projecto da obra. "Não podemos votar favoravelmente sobre um projecto do qual não temos conhecimento. Depois o senhor presidente vem dizer que correu mal, como já aconteceu algumas vezes. Não podemos aprovar as coisas como sendo um tiro no escuro. Temos que ter projectos, não se podem fazer obras à toa", criticaram os vereadores.A proposta foi aprovada com os votos favoráveis do PS (3) e do vereador do MOVE (Movimento Ourém Vivo e Empreendedor).

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo