Sociedade | 19-03-2016

Fórum Ibérico em Vila Franca de Xira por um Tejo despoluído e navegável

O presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita (PS) instou hoje o Governo a colocar na agenda política os problemas da poluição no Tejo e a criação de condições para a sua navegabilidade, na abertura do II Fórum Ibérico do Tejo, que decorre até amanhã e que contou com a presença do secretário de Estado adjunto e do ambiente. "A poluição do Tejo é prejudicial para a pesca, para o turismo e para a agricultura. Quero aproveitar a presença do senhor secretário de Estado para lhe dizer que é preciso inspeccionar e punir as infracções", afirmou o autarca, que defendeu também a necessidade de estabelecer regras e responsabilidades das actividades industriais. "Esperamos, sinceramente, que este problema esteja na agenda política", apontou.Alberto Mesquita referiu, ainda, que o município ribatejano ambiciona tornar o rio Tejo navegável, defendendo a necessidade das autoridades procederem ao seu desassoreamento (limpeza)."A ambição é de ter um Tejo navegável da Póvoa de Santa Iria à Vala do Carregado. O desenvolvimento fluvial e de mercadorias. Queremos uma alternativa ao transporte rodoviário", afirmou.O II Fórum Ibérico do Tejo decorre no Pavilhão Multiusos de Vila Franca de Xira e reúne um conjunto de painéis com especialistas portugueses e espanhóis. É organizado pela Câmara Municipal em conjunto com a Associação Independente para o Desenvolvimento Integrado de Alpiarça (AIDIA).

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo