Sociedade | 15-04-2016 13:37

PJ detém segurança ilegal em empresa de Torres Novas

Um homem de 63 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) a exercer funções de “vigilante e de segurança-porteiro” em instalações de uma empresa industrial em Torres Novas. O homem, forneiro de profissão, foi depois restituído à liberdade pode decisão do Ministério Público, aguardando julgamento com a medida de coacção de termo de identidade e residência.Este tipo de funções estão reguladas por lei e só as pode exercer quem estiver credenciado pelo Ministério da Administração Interna. O Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ, que desenvolveu esta acção, refere que “a empresa dispunha de um serviço de autoproteção para o desempenho de correspondentes funções sem observância das disposições legais estabelecidas para o efeito”.A Judiciária informa que responsáveis pela empresa e a própria firma foram constituídos arguidos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo