Sociedade | 29-04-2016 18:32

Impormol insolvente manda 180 para o desemprego

Informação foi transmitida pela administração da empresa que tem fábrica na Azambuja.

O sindicato dos trabalhadores da Impormol, situada em Azambuja, anunciou esta sexta-feira, 29 de Abril, que a empresa lhes comunicou que vai avançar para um processo de insolvência, situação que deixará 180 pessoas no desemprego. A informação foi transmitida pela administração da Frauenthal Automative (conhecida localmente como Impormol) durante uma reunião com a comissão de trabalhadores.

A Impormol, uma empresa de fabrico de molas para automóveis, suspendeu a sua produção no final da semana passada e comunicou aos trabalhadores que estavam dispensados de comparecer ao serviço.

A empresa, que labora há cerca de 40 anos, foi adquirida recentemente pela Heavy Metal Invest, com sede no Liechenstein, que comprou 51% das acções em Janeiro deste ano e as restantes 49% em Março.

Os trabalhadores da Impormol reuniram esta tarde em plenário para organizar “acções de luta", tendo ficado decido realizar uma concentração em frente ao Ministério da Economia, em Lisboa, no dia 6 de Maio, pelas 10h00.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo