Sociedade | 30-04-2016 13:04

Rede social de VFX reforça papel no combate à pobreza e exclusão social

Rede social de VFX reforça papel no combate à pobreza e exclusão social
APOIO

Parceria com Segurança Social vai apertar controlo sobre os apoios dados a quem mais precisa.

Potenciar a criação de respostas mais adequadas e rápidas aos problemas sociais do concelho de Vila Franca de Xira, rentabilizar recursos, eliminar sobreposições de actuação e melhorar o planeamento dos serviços são alguns dos objectivos do novo Sistema de Atendimento e Acompanhamento Social Integrado (SAASI), um programa que reúne 28 entidades do concelho e o Instituto da Segurança Social.

O protocolo entre a Segurança Social e as restantes entidades que o compõem – juntas de freguesia e instituições particulares de solidariedade social - foi assinado na manhã de quarta-feira, 27 de Abril. Com o SAASI as pessoas mais vulneráveis socialmente e que precisam de ajuda podem obter na hora, nas instituições das suas áreas de residência, vários tipos de apoio, sem precisarem de se deslocar aos balcões da Segurança Social como acontece actualmente. O novo sistema traz também vantagens ao nível do controlo da ajuda prestada, já que o acesso às bases de dados da Segurança Social vai permitir às 28 entidades parceiras do projecto cruzar informação e acabar, por exemplo, com os casos de pessoas que recebiam vários cabazes alimentares em associações diferentes. Este apertar do cerco à fraude é uma das mais-valias do sistema, considerou Fátima Antunes (PS), vereadora do pelouro social durante a discussão do protocolo em reunião de câmara. “Os técnicos vão ter formação e depois qualquer técnico das 28 instituições vai poder propor algum tipo de apoio social e económico, sendo depois autorizado ou não pela Segurança Social. Com este novo registo os parceiros vão ter acesso a todo o historial de apoio alimentar, por exemplo, onde por vezes era difícil obter a verdade total dos utilizadores. Haverá gente que continuará a tentar contornar o sistema mas vai tornar-se mais difícil”, explicou.

* Notícia desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo