Sociedade | 11-05-2016 16:37

Chefe dos escuteiros de Almeirim morre no dia do aniversário

Chefe dos escuteiros de Almeirim morre no dia do aniversário
ÓBITO

João Fragoso, 43 anos, sofreu um ataque cardíaco fulminante

O chefe dos escuteiros de Almeirim, João Fragoso, morreu esta quarta-feira, quando fazia 43 anos de vida. João sofreu um ataque cardíaco fulminante e ainda foi assistido no Hospital de Santa Marta, em Lisboa, mas não resistiu. O funeral realiza-se esta quinta-feira, às 11h00, no cemitério de Almeirim.

João Fragoso era filho do ex-chefe de agrupamento do Corpo Nacional de Escutas 404 de Almeirim, que morreu também de ataque cardíaco numa actividade dos escuteiros no parque desportivo de Almeirim. É também irmão do dirigente do União de Almeirim, António Fragoso.

João Fragoso era uma pessoa conhecida e estimada na cidade, pela sua dedicação às causas e pela sua forma de ser pacata e de ser amigo do seu amigo. Trabalhava na banca e era uma pessoa activa, pelo que o seu falecimento constituiu uma enorme consternação.

O presidente da câmara e amigo de infância do falecido já veio apresentar as condolências. Pedro Ribeiro refere que “a vida não é justa numa série de coisas mas não há necessidade de ser tão injusta. Por muito que o racional tente explicar, têm de haver algo maior nesta engrenagem ou então não sabemos mesmo o que andamos cá a fazer”, diz o autarca enviando “um abraço do tamanho do mundo” a João Fragoso.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo