Sociedade | 10-11-2016 13:28

Condenado em Santarém a quatro anos de prisão por abuso sexual de crianças

Arguido criou endereços de correio electrónico, através dos quais acedia a ‘chats’ da internet e contactava raparigas através deles.

O Tribunal de Santarém condenou um homem a quatro anos de prisão pela prática de três crimes de abuso sexual de crianças, um crime de coação agravado na forma tentada e um crime de ameaça agravado, anunciou o Ministério Público. Em nota publicada na sua página electrónica, a Procuradoria da Comarca de Santarém informa que, em sentença proferida no dia 31 de Outubro, o tribunal deu como provado que o arguido criou endereços de correio electrónico, através dos quais acedia a ‘chats’ da internet e contactava raparigas através deles.

“Nesses contactos, que ocorreram entre os meses de Julho e Setembro de 2011, o arguido, com 47 anos de idade, usando identidades falsas, convencia as raparigas de que tinha apenas 15 anos”, segundo o Ministério Público. O tribunal considerou também provado que, depois de ter acesso ao número de telemóvel das vítimas, o arguido lhes remetia mensagens escritas com cariz sexual, sendo do seu conhecimento a idade das três raparigas visadas que, na data dos factos, tinham 12 e 13 anos.

“Mais se provou que o arguido, em duas ocasiões, conseguiu contactar telefonicamente familiares das vítimas e ameaçou que iria publicar, em ‘sites’ da internet, vídeos onde as menores surgiam nuas. Numa dessas situações, anunciou que só não procederia à publicação se a vítima, que tinha deixado de responder às suas mensagens, o contactasse novamente”, acrescenta o MP. A investigação deste processo decorreu na secção de Ourém do Departamento de Investigação e Acção Penal de Santarém, não tendo o acórdão condenatório transitado ainda em julgado.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo