Sociedade | 15-11-2016 00:02

Casal de irmãos condenado por assalto a homem atraído por falsos favores sexuais

Caso passou-se em Almeirim e a vítima foi deixada ferida à beira da estrada na Chamusca.

Um casal de irmãos foi condenado em penas suspensas de prisão por terem atraído um homem de 64 anos com falsas promessas de favores sexuais para o assaltar. No assalto, ocorrido em Abril do ano passado, os arguidos, que residem em Almeirim, usaram de grande violência, segundo o acórdão da instância central criminal do Tribunal da Comarca de Santarém. O casal foi condenado pelos crimes de sequestro, roubo e ofensas à integridade física.

A jovem de 27 anos foi condenada a quatro anos e oito meses de prisão e o irmão, de 21 anos de idade, a cinco anos de prisão. Em ambos os casos o colectivo de juízes decidiu suspender as penas por igual período ao das condenações, com a obrigação de estes pagarem um total de 4.351 euros de indemnização, até ao final do tempo da suspensão das penas. Caso o valor não seja entregue à vítima, os arguidos vão cumprir as penas de prisão.

O tribunal deu como provado que a mulher contactou a vítima, a quem já teria prestado favores sexuais, a dizer que precisava de dinheiro. Combinaram encontrar-se nas traseiras de um supermercado de Almeirim. O irmão ficou escondido no local para concretizar o assalto. O jovem apareceu de surpresa e ameaçou o homem com uma arma de fogo. De seguida colocaram-no no porta bagagens da viatura e andaram às voltas com ele até chegarem à Chamusca, onde tiveram um furo. Nessa altura a mulher deferiu uma pancada com o macaco de trocar a roda na cabeça da vítima, que foi deixada à beira da estrada, tendo os arguidos fugido.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo