Sociedade | 15-11-2016 09:48

Viver Santarém reduz dependência do município

Contrato-programa entre a Câmara de Santarém e a Viver Santarém para 2017 vai sofrer um corte de 100 mil euros.

O contrato-programa entre a Câmara de Santarém e a Viver Santarém para 2017 vai sofrer um corte de 100 mil euros na verba a transferir pela autarquia para essa empresa municipal, comparativamente aos anos de 2015 e 2016.

No orçamento da Viver Santarém para o próximo ano, o valor a transferir pelo município será de 247.926 euros, não estando aí incluídas as verbas a título de pagamentos de prestações de serviços por parte da autarquia, que ascendem aos 282 mil euros mais IVA.

Esse financiamento da câmara está previsto para o cumprimento de serviços públicos de interesse geral, maioritariamente para a área do desenvolvimento desportivo e ainda no âmbito dos preços sociais praticados nos equipamentos sob gestão da empresa municipal, nomeadamente as piscinas e pavilhões desportivos. A Viver Santarém é ainda responsável pela organização do Festival Nacional de Gastronomia.

O valor global do orçamento de gastos para o ano de 2017 é de 1.839.271 euros e o de rendimentos é de 1.849.609 euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo