Sociedade | 29-11-2016 00:02

Voto de pesar pela morte de Rosalina Melro

Voto de pesar pela morte de Rosalina Melro
MEMÓRIA

Professora aposentada, foi encontrada morta no dia 14 de Novembro na sua casa em Santarém.

O executivo da Câmara Municipal de Santarém aprovou na reunião desta segunda-feira, 28 de Novembro, um voto de pesar e guardou um minuto de silêncio pela morte de Rosalina Melro, que foi recordada pelo presidente da autarquia como “uma pessoa que adorava Santarém”.

Já o vereador Francisco Madeira Lopes (CDU) definiu Rosalina Melro como “cidadã muito activa que por direito próprio integra o panteão das mulheres grandes de Santarém”.

Professora aposentada, Rosalina Melro foi encontrada morta no dia 14 de Novembro na sua casa em Santarém, onde vivia sozinha. Fazia no próximo dia 15 de Dezembro 83 anos.

Mulher de cultura, activista política e dirigente associativa, foi dirigente da Associação de Estudo e Defesa do Património Histórico-Cultural de Santarém, do Círculo Cultural Scalabitano e da extinta Região de Turismo do Ribatejo.

E também foi durante muitos anos uma mulher empenhada na divulgação dos tesouros patrimoniais e históricos da velha Scalabis. Integrou também a bancada da CDU na Assembleia Municipal de Santarém.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo