Sociedade | 19-01-2017 14:22

Começou a ser julgada mãe acusada de maus-tratos a bebé

Criança, então com 14 meses, deu entrada no Hospital de Santarém em coma e com equimoses e hematomas espalhados pelo corpo e várias fracturas.

O Tribunal de Santarém começou a julgar na semana passada a mulher acusada de maus tratos ao filho bebé, hospitalizado em Outubro de 2010 em coma, numa sessão marcada pela impaciência do colectivo de juízas perante a tentativa de vitimização da arguida.

As juízas não esconderam a irritação perante uma versão dos factos em que a arguida, actualmente com 33 anos e a residir em Rio Maior, se emocionou mais quando relatou alegados maus tratos de que a própria terá sido vítima do que quando se referiu à situação do filho.

A criança, então com 14 meses, deu entrada nas urgências do Hospital Distrital de Santarém no dia 10 de Outubro de 2010, em coma e com equimoses e hematomas espalhados pelo corpo e várias fracturas, acabando por ser transferido para a Unidade de Cuidados Intensivos Pediátrica do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, dada a gravidade do seu estado.

A arguida manteve em tribunal a versão de que levou o filho ao hospital na sequência de uma queda, de cabeça, da cama, ocorrida ao fim da tarde do dia anterior e de cuja gravidade só se teria apercebido no dia seguinte de manhã.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo