Sociedade | 19-01-2017 11:33

Obras prometidas no bloco operatório de Santarém e nas urgências de Abrantes

Administração Regional de Saúde diz que essas intervenções serão concluídas em 2017.

A Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo anunciou uma série de investimentos em hospitais públicos para 2017, entre eles a reforma do bloco operatório do Hospital Distrital de Santarém, processo que estava pendente desde 2013 e que foi desbloqueado em 2016. A ARS diz em comunicado que essas obras serão concluídas em 2017.

Outra das obras prevista para este ano na região é a da requalificação dos serviços de urgência do Hospital de Abrantes, que integra o Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Para além dos investimentos previstos no distrito de Santarém, estão ainda projectadas intervenções nas seguintes unidades de saúde: Fernando Fonseca (Amadora-Sintra); Barreiro Montijo; Setúbal; Lisboa Central; Lisboa Ocidental; Oeste (Caldas da Rainha); e IPO de Lisboa.

A ARS pretende ainda adquirir equipamento de alta tecnologia para os hospitais da região, num investimento global superior a 40 milhões de euros, sendo cerca de metade desse valor financiado por fundos europeus.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo