Sociedade | 28-01-2017 00:02

Estrada nacional que atravessa Alburitel é perigo para peões

Estrada nacional que atravessa Alburitel é perigo para peões
OURÉM

Localidade do concelho de Ourém é atravessada pela EN 113. São mais de três quilómetros de via sem bermas ou passeios em condições.

Circular a pé em Alburitel, no concelho de Ourém, pode tornar-se uma tarefa complicada e perigosa para os mais de mil moradores. Isto porque os 3600 metros da Estrada Nacional 113 que atravessam a localidade não possuem passeios e as bermas ou são valetas ou são pequenos pedaços de terra batida que obrigam a andar na estrada.

Na última semana, Luís Ribeiro Lopes, 82 anos, foi atropelado mortalmente quando saía de casa. "Foi um acidente. Não há mais nada a dizer. Podia ter acontecido a qualquer um", disse a O MIRANTE a filha, Anabela Gaspar.

Mas entre o sentimento de consternação e as circunstâncias fatídicas todos sabem o perigo que se corre ao circular-se a pé ao longo da EN 113. "Agora já não tem tanto trânsito. Antes do IC9 era muito pior", sustenta a O MIRANTE Armando Duarte, residente em Alburitel.

Outro morador, José Faria, refere a falta de passeios ao longo da estrada que "são valetas com 10 centímetros", indicando que "há pouco tempo fizeram passeios novos em Seiça onde mora meia dúzia de pessoas".

* Reportagem completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo