Sociedade | 25-03-2017 18:00

Moradores de Valhelhas querem transferência de central de camionagem

Alguns cidadãos foram à reunião pública da Câmara de Torres Novas manifestar insatisfação com a circulação de camiões na aldeia.

Os moradores de Valhelhas, freguesia de Olaia, Torres Novas, estão descontentes com o crescimento do terminal de camiões de longo curso existente "no centro da aldeia", o que levou uma comissão de moradores à reunião pública de câmara para exigir que as instalações seja transferidas para uma zona industrial.

A comissão garantiu que a circulação de camiões na aldeia tem motivado o estacionamento abusivo de veículos ligeiros dos motoristas junto de edifícios, encerrando caminhos e dificultando a circulação dos habitantes. Os moradores queixam-se ainda da poluição sonora e do ambiente causada pela circulação dos veículos pesados que também "degrada o património histórico" nomeadamente "causando fissuras nas paredes da Igreja".

Os moradores não compreendem a razão do funcionamento de uma infraestrutura daquela natureza no meio de um aglomerado populacional. E como um dos problemas reside nas viaturas ligeiras estacionadas pelos camionistas quando vão para as viagens de longo curso, um dos moradores sugeriu na reunião de câmara que se crie uma área de estacionamento para os residentes. A comissão questionou ainda o executivo sobre a renovação do alvará da empresa.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...
    Dançarinas ribatejanas entre as melhores da Europa
    Foto do Dia
    As atletas do Coreo Dance Project, de Benavente, e da ODAC - Oficina de Artes de Coruche alcançaram o quarto lugar na grande final europeia de dança, realizada no Palácio de Congressos de Paris. As atletas têm entre os 7 e os 24 anos e para a responsável do grupo, Marta Salsinha, foi “uma experiência incrível” poder competir com os maiores e melhores bailarinos e coreógrafos da Europa. Uma prestação que deixa orgulhosos os atletas mas também as localidades de Benavente e Coruche. Na comitiva, além dos 25 bailarinos, seguiram também pais e amigos dos atletas. Entretanto, Marta Salsinha está entre os oito nomeados para a categoria de melhor coreógrafo de estilo livre e contemporâneo de 2017, nos Prémios Internacionais Duende que distinguem o que de melhor se faz na dança em Portugal, Espanha, Gibraltar e França.
    Foto do Dia | 24-09-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1317
    21-09-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1317
    20-09-2017
    Capa Médio Tejo