Sociedade | 25-03-2017 19:08

Sport Lisboa e Benfica quer replicar no mundo a Casa do clube em Abrantes

Sport Lisboa e Benfica quer replicar no mundo a Casa do clube em Abrantes

Luís Filipe Vieira marcou presença na inauguração da Casa do Benfica de Abrantes.

A Casa do Benfica de Abrantes é “a referência” daquilo que o Sport Lisboa e Benfica “quer fazer em todo o mundo”. As palavras foram de Jorge Jacinto, director do departamento de Casas do Benfica, que esteve este sábado, 25 de Março, em Abrantes juntamente com o presidente do clube Luís Filipe Vieira e o vice-presidente Domingos de Almeida Lima, para inaugurar oficialmente a Casa do Benfica de Abrantes.

Na presença de cerca de 400 adeptos Jorge Jacinto agradeceu “a oportunidade que a câmara municipal deu ao Benfica ao aprovar a gravação em Abrantes de um vídeo de promoção das Casas do Benfica” que agora irá chegar às 289 Casas do Benfica espalhadas pelo mundo. Adiantou ainda que o clube alfacinha quer implementar em Abrantes, em 2018 “a Escola Geração Benfica”.

Por seu lado, a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, salientou “o trabalho de formação de atletas e de pessoas” levado a cabo pelo clube alfacinha. O desporto ajuda “a formar cidadãos e pessoas com valor” e a sua “fruição eleva a qualidade de vida dos cidadãos das comunidades locais”. Tendo em conta que a Casa do Benfica de Abrantes é agora “referência” para o clube da Luz, agradeceu o facto de o vídeo “levar Abrantes a todos os portugueses que estão na diáspora”.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...
    Caipirinhas para todos os gostos
    Foto do Dia
    As caipirinhas são a aposta há oito anos da van food “Caipi Joca’s”, de Carlos Travessa, um dos presentes na 4.ª edição do Festival Reverence que decorreu nos dias 8 e 9 de Setembro, pela primeira vez, na Ribeira de Santarém. A residir em Salvaterra de Magos, o empreendedor de 38 anos começou o negócio juntamente a sua sócia, Josélia Godinho, de 33 anos, depois de ter tido muito sucesso com o seu bar exclusivo de caipirinhas nas festas de Salvaterra de Magos. O nome surgiu de uma junção de “Caipi” (caipirinhas), “Jo” (Josélia) e “Ca” (Carlos). Entre as várias caipirinhas à disposição, a que está no topo das preferências é a tradicional com cachaça.
    Foto do Dia | 22-09-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1317
    21-09-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1317
    20-09-2017
    Capa Médio Tejo