uma parceria com o Jornal Expresso
22/07/2017
30 anos do jornal o Mirante
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
Sociedade | 27-03-2017 00:01
Constituída em Vila Franca de Xira a confraria ibérica do Tejo
ASSOCIAÇÃO
João Serrano foi eleito o primeiro presidente da Confraria Ibérica do Tejo
Associação quer aproximar pessoas e entidades ao rio.

Foi constituída no sábado, 25 de Março em Vila Franca de Xira a Confraria Ibérica do Tejo (CIT), entidade que agrega pessoas e entidades de Portugal e Espanha e das várias comunidades ribeirinhas ao longo do Rio Tejo. É uma associação sem fins lucrativos e de carácter não reivindicativo, cujo objectivo principal é salvaguardar o meio ambiente, promover a economia, cultura, gastronomia e vivências da borda de água.

A comissão instaladora, reunida no Museu do Neo-Realismo em Vila Franca de Xira, apresentou os estatutos da confraria a votação, tendo sido aprovados por unanimidade e foram também eleitos os primeiros órgãos sociais que têm como presidente da direcção João Serrano.

“Pode sintetizar-se o espírito da futura associação como uma plataforma não reivindicativa, criada para aproximar pessoas e entidades ao longo do Tejo ibérico para confluírem em pontos de entendimento válidos para o desenvolvimento harmonioso e sustentável das comunidades ribeirinhas”, explica a comissão instaladora.

O novo presidente da direcção, João Serrano, lembrou que uma das necessidades a concretizar é o restabelecimento do património histórico do Tejo em Portugal e Espanha, que disse estar “esquecido”. O novo presidente da confraria definiu também como prioridade a realização de um diagnóstico das necessidades de desenvolvimento regional em torno do Tejo, nas áreas económica e social. “Esperamos em Março do próximo ano estar a apresentar as conclusões desse diagnóstico”, informou.

A confraria tem 111 sócios fundadores, dos quais 86 estiveram presentes em Vila Franca de Xira, incluindo pessoas de Espanha e das várias regiões portuguesas onde passa o Tejo. Entre os próximos objectivos da confraria está a continuação da organização dos fóruns ibéricos do Tejo, criação de um regulamento interno para a confraria e abrir a associação às instituições ligadas ao rio.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Comentários
Mais Notícias
    A carregar...
    Edição Semanal
    Edição nº 1308
    19-07-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1308
    19-07-2017
    Capa Médio Tejo